Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Coritiba fecha aporte pontual com Madero para estreia na Série B

Rede paranaense estampará o peito e as costas da camisa do clube

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 29/04/2019, às 07h47 - Atualizado às 10h47

Imagem Coritiba fecha aporte pontual com Madero para estreia na Série B

O Coritiba entrará em campo para sua estreia na Série B do Campeonato Brasileiro 2019 nesta segunda-feira (29), diante da Ponte Preta, no Estádio Couto Pereira. Para a partida, o departamento de marketing do clube fechou um aporte pontual com o Grupo Madero, detentor das marcas Madero, Jeronimo, A Sanduicheria do Junior Durski e Dundee Burger, que estampará o peito e as costas da camisa do time.

LEIA MAIS: Ponte Preta terá Philco como patrocinadora máster em 2019

O acordo entre marca e clube ainda permitirá ao Coritiba subsidiar 100% dos ingressos da partida, que será marcada por uma homenagem do Coxa Branca ao ex-meia Dirceu Krüger, o Flecha Loira, um dos maiores ídolos da história do time, falecido na última quinta-feira (25). Com isso, não haverá venda de ingressos, e quem for ao Couto Pereira entrará sem pagar nada.

Foto: Divulgação / Coritiba

"O Madero, na figura de seu chef e proprietário, o paranaense Junior Durski, abraçou a ideia de abrirmos as portas da nossa casa para que possamos celebrar a memória dessa grande figura que foi Dirceu", afirmou Rafael Saling, diretor de marketing do Coritiba.

O clube planeja também fazer uma ação em memória do ídolo, que esteve ligado ao Coritiba por mais de 50 anos. Serão distribuídos cartazes à torcida, que deve comparecer em grande número. São esperados mais de 40 mil torcedores no estádio.

"Embora o momento seja de despedida, para nós, do Madero, é uma honra poder aliar nossa marca à do Coritiba num momento que ficará marcado na história institucional e desportiva deste grande clube", explicou Monique Campos, diretora de marketing do Grupo Madero.

O Coritiba é mais um dos inúmeros clubes brasileiros que ficou sem patrocínio máster desde a saída da Caixa do futebol no final de 2018. Com o acordo com o Madero, o clube volta a estampar uma marca no espaço principal da camisa, além do segundo espaço de maior visibilidade que é a parte das costas.