Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Covid-19 detona mais calendários de futebol pela Europa

Dessa vez, Liga Europa, Premier League e Ligue 1 tiveram programações alteradas

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 11/03/2020, às 13h42

Imagem Covid-19 detona mais calendários de futebol pela Europa

A cada dia que passa novas notícias tristes para o esporte surgem por conta do surto do coronavírus Covid-19. Com a propagação da doença, o ano de 2020 tem tudo para entrar para a história como o maior rombo da história do mercado esportivo.

LEIA MAIS: Coronavírus Covid-19 cria rombo no mercado esportivo

Nesta quarta-feira (11), após a Itália proibir a realização de qualquer atividade esportiva no país até o dia 3 de abril, foi a vez da França cancelar todos os jogos da Ligue 1 e da Ligue 2, as duas principais divisões de futebol do país, até 15 de abril. Além disso, a final da Copa da Liga Francesa entre PSG e Lyon, que estava marcada para 4 de abril, foi adiada e não tem data definida.

Na Itália, aliás, com a Serie A suspensa até pelo menos 3 de abril, já há preocupação com o fato de não haver datas suficientes para encerrar o campeonato. A Federação Italiana de Futebol (FIGC) chegou até a afirmar que, caso não haja possibilidade de haver a temporada completa do torneio, o título pode ser decidido por meio de um playoff.

Isso porque, caso a Série A seja retomada em 4 de abril, as equipes terão entre 12 e 14 partidas até o final de maio, mas algumas delas terão compromissos continentais, o que deixará a FIGC com pouca margem de manobra no cronograma, já que a Euro 2020 deve começar justamente em Roma no dia 12 de junho, e as instalações para o torneio europeu devem ser entregues à Uefa com bastante antecedência.

Na Inglaterra, o jogo entre Manchester City e Arsenal, que estava previsto para esta quarta-feira (11), foi adiado. O motivo é pelo fato do dono do Olympiacos, da Grécia, Evangelos Marinakis, ter anunciado que contraiu o coronavírus. O clube grego enfrentou o Arsenal no final do mês passado e esteve próximo de diversos jogadores do clube inglês. Dessa forma, os atletas dos Gunners estão em isolamento e não poderão entrar em campo.

Partida entre Sevilla e Roma, válida pelas oitavas de final da Liga Europa e que seria disputada no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilla, nesta quinta-feira (12), foi adiada e ainda não tem data definida (Foto: Reprodução)

Outro torneio que decidiu pelo adiamento de dois jogos foi a Liga Europa. A Uefa anunciou que Sevilla x Roma e Inter de Milão x Getafe, ambos confrontos envolvendo clubes italianos e espanhóis, não serão realizados nesta quinta-feira (12) como estavam programados. A entidade que comanda o futebol europeu também revelou que monitora a situação do continente para saber se será possível manter a programação inicial da Euro 2020, prevista para começar no dia 12 de junho.

Fora do futebol, os cancelamentos e adiamentos também continuam. Após cancelar o e-Prix da China, a Fórmula E também cancelou as provas da Itália e da Indonésia. Na MotoGP, além do cancelamento dos GPs do Qatar e da Tailândia, o GP das Américas, que seria disputado no dia 5 de abril, foi adiado para novembro.

Já no ciclismo, a preocupação é enorme com as três provas mais importantes da modalidade, já que são realizadas justamente em três dos países mais atingidos pelo coronavírus até o momento. Por enquanto, o Tour de France (França), o Giro d’Italia (Itália) e a La Vuelta (Espanha) não sofreram alterações, mas David Lappartient, presidente da União Internacional de Ciclismo (UCI) declarou que tudo pode mudar em um instante. O mandatário ainda afirmou que possíveis cancelamentos seriam um "desastre" para o esporte.