Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Crise abre disputa para rádios na NFL

Crise abre disputa para rádios na NFL

Redação em São Paulo - SP Publicado em 23/12/2008, às 11h00

Parceira da rádio Westwood One em 28 dos últimos 31 anos, a Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) admite mudar sua emissora de rádio oficial por causa da crise financeira mundial. Ameaçado pela instabilidade econômica, o canal, braço da gigante CBS no setor, terá concorrência pela primeira vez em 22 temporadas. A chance de uma mudança ainda é pequena, já que a proposta da Westwood One deve ser 30% maior que a de sua maior concorrente, a ESPN Radio. A simples hipótese de uma concorrência, no entanto, simboliza o impacto da crise. Há 22 anos a NFL sequer ouve os pedidos das concorrentes, e fecha com a tradicional emissora sediada em Nova York na primeira oportunidade. Desta vez, nem mesmo os US$ 20 milhões (R$ 47,9 mi) foram suficientes, e a liga rejeitou a primeira pedida. A tendência é que rivais como Sporting News Radio, Sports USA Radio e The Content Factory não consigam bater a oferta, mas a queda das ações da Westwood One nas bolsas de valores pode significar a perda do contrato pelo risco de falência.