Cruzeiro celebra 1966, e taça deve ser replicada

Clube já vende miniaturas de troféus; réplica foi feita pela Reebok - Crédito Washington Alves / VIPCOMM

Clube já vende miniaturas de troféus; réplica foi feita pela Reebok - Crédito Washington Alves / VIPCOMM

Em meio ao lançamento dos novos uniformes, o Cruzeiro aproveitou a festa para homenagear a equipe campeã nacional de 1966. A taça daquela temporada, replicada pela Reebok, fornecedora de materiais esportivos do clube, deve virar produto licenciado.

O título daquele ano, conquistado pelo Cruzeiro, ganhou peso após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidir reconhecê-lo como Campeonato Brasileiro. Por essa razão, o clube ganhou novo motivo para tornar o troféu em miniatura e disponibilizá-lo à torcida.

"Ainda há um folclore em torno da taça, porque dizia-se que ela estava perdida, mas estava com o Botafogo", conta Marcone Barbosa, diretor de marketing do Cruzeiro. "Fizemos uma réplica dela, e agora ela foi simbolicamente devolvida à quem a pertence".

Como a equipe já tem miniaturas de troféus no portfólio de produtos licenciados, embora a empresa responsável pela função ainda não tenha sido contatada, é bastante provável que réplicas da taça de 1966 sejam comercializadas em breve.