Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Cruzeiro deve romper com Adidas até março

Clube calcula que terá de vender 60 mil peças para poder pagar valor adiantado de parceiro

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 02/01/2020, às 07h32 - Atualizado às 10h32

Imagem Cruzeiro deve romper com Adidas até março

O Cruzeiro e a Adidas colocam nesta quinta-feira à venda o primeiro lote de uniformes do clube fabricados pela marca alemã já com prazo de validade para acabar a parceria. Na próxima semana, uma reunião entre dirigentes do clube e representantes da fornecedora deve selar o final do contrato firmado no ano passado e que passou a ter validade a partir da virada do ano.

Em entrevistas a diversos veículos de imprensa, os dirigentes mineiros confirmaram que devem romper com a Adidas por não concordar com o modelo do negócio, firmado pela antiga diretoria cruzeirense, que pediu para sair depois do rebaixamento do clube à Série B do Campeonato Brasileiro em 2019.

O Cruzeiro receberá 24% dos royalties da venda de cada camisa para os lojistas. Nas lojas oficiais do clube, há ainda o direito a receber mais 7% sobre o valor pago pelo torcedor no preço final. Além disso, é preciso pagar pelos uniformes que os times masculino, feminino e categorias de base usarão ao longo da temporada.

Esse modelo de negócios em que o clube deixa de receber um valor fixo e outro variável das fabricantes vem sendo adotado pela maioria das empresas desde 2016. A própria Adidas tem acordo similar a esse com Internacional e São Paulo. O aumento do risco dos times fez com que muitos decidissem lançar marcas próprias, em que assumem a gestão do fornecimento em troca de maior receita.

Esse também deve ser o caminho do Cruzeiro. Antes, porém, o clube precisa devolver R$ 2,5 milhões que foram adiantados com a Adidas. O cálculo é de que o clube precisará vender cerca de 60 mil peças para zerar a dívida e, assim, poder romper o acordo, o que aconteceria não antes do mês de março.