Dérbi paulista vence semi de Libertadores no Ibope

Felipão e Adilson: principais atrações do clássico - Crédito Redação

Felipão e Adilson: principais atrações do clássico - Crédito Redação

O clássico paulista entre Palmeiras e Corinthians empolgou mais os torcedores do que a primeira semifinal da Copa Santander Libertadores da América. O duelo entre Internacional e São Paulo teve 23 pontos em média de audiência na Globo, no horário nobre da emissora carioca, na quarta-feira a noite. Já o dérbi do último domingo conseguiu 24 pontos de média no mesmo veículo, além dos 7 pontos obtidos pela Bandeirantes, com pico de 9.

O jogo entre Palmeiras e Corinthians teve alguns atrativos extras para o torcedor. No lado do mandante, o técnico Luiz Felipe Scolari, ainda sem vitória desde seu retorno ao Palestra Itália, reencontrava o rival que marcou seu último triunfo pelo time, na Libertadores de 2000. Já o time do Parque São Jorge teve a estreia do técnico Adilson Batista, já que Mano Menezes assumiu a seleção brasileira.

O clássico foi válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o que não pode ser comparado ao nível de decisão apresentado pelo duelo entre Internacional e São Paulo. Além disso, o horário de quarta-feira a noite tem, em média, audiência superior às apresentadas na tarde de domingo. O segundo jogo das oitavas de final da Libertadores entre Corinthians e Flamengo, por exemplo, teve 42 pontos de média; o primeiro confronto ficou com 36 pontos.

A audiência do dérbi pode ser considerada alta também se for comparada ao primeiro clássico realizado entre os dois times neste ano. Pelo Campeonato Paulista, o embate chegou a 21 pontos em média na Globo. Nesse confronto, por outro lado, a Bandeirantes conseguiu resultados melhores do que no último domingo, com 9 pontos de média.

Mesmo com um bom número na audiência, duas atrações dos times, que tem sido alvo do marketing dos clubes, não puderam participar. O chileno Valdívia, grande contratação palmeirense para o resto do ano, ainda não tinha condições de jogo. Já no Corinthians, Ronaldo e Roberto Carlos, suas duas grandes estrelas, estiveram lesionados e suspensos, respectivamente. 

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.