Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

?Detalhes? separam Samsung e Palmeiras

?Detalhes? separam Samsung e Palmeiras

Gustavo Franceschini e Erich Beting em São Paulo - SP Publicado em 15/01/2009, às 17h00

O Palmeiras admitiu, pela primeira vez, que a Samsung está à frente da Fiat na corrida pelo patrocínio master do clube em 2009. Segundo o diretor administrativo José Cyrillo Junior, a negociação depende de apenas alguns detalhes, e deve incluir a ?limpeza? das mangas em maio. ?As conversas estavam praticamente terminadas, bem adiantadas mesmo. A Suvinil sairia no fim do contrato e aí eles decidem o que ela vai fazer. A idéia é fechar com a Samsung?, disse o dirigente, em entrevista exclusiva à Máquina do Esporte. A marca de eletrônicos coreana deve pagar R$ 12 milhões pelo peito do uniforme até maio. Com a possibilidade de camisa limpa, desejo da marca desde o início das conversas, a Samsung passaria a aportar R$ 15 milhões, R$ 3 milhões a mais que os rendimentos dos atuais contratos com Fiat e Suvinil. O acerto, no entanto, não é admitido por todos da diretoria. Principal responsável pelas tratativas, Luiz Gonzaga Belluzzo, atual diretor de planejamento do clube e candidato da situação à presidência, desconversa sobre a real vantagem da Samsung sobre a Fiat. ?Faltam ainda algumas coisa, não está assim tão próximo. Não tem nenhuma questão grave, mas temos de resolver com muito cuidado. Temos algumas questões relativas às duas propostas que estão sendo estudadas?, disse Belluzzo. Financeiramente, a proposta da Fiat é praticamente idêntica. Depois de iniciar as negociações com um valor muito baixo, a montadora subiu sua proposta para R$ 12 milhões pelo peito, contando com os R$ 3 milhões da Suvinil pela manga. Essa equiparação monetária e a discussão de propriedades do Palestra Itália tem atrasado o fechamento do contrato. A WTorre, parceira do Palmeiras nas obras, por exemplo, está participando das negociações desde o início.