Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

DF oficializa estádio de R$ 696 milhões

Redação Publicado em 20/07/2010, às 17h00

O governo do Distrito Federal oficializou nesta terça-feira a construção do estádio mais caro da Copa do Mundo de 2014. A região vai reformar o Mané Garrincha, e as intervenções na arena custarão R$ 696 milhões, montante que não inclui o investimento em estrutura de telecomunicações.

O projeto de reforma do Mané Garrincha foi assinado nesta terça-feira por Rogério Rosso (PMDB), governador do DF. As obras devem começar na próxima semana, com previsão de conclusão em dezembro de 2012.

A definição do valor aconteceu porque o DF concluiu nesta semana a licitação das obras. O vencedor foi um consórcio entre as empreiteiras Andrade Gutierrez e Via Engenharia, que se comprometeu a fazer a obra com um valor R$ 6 milhões abaixo do previsto na concorrência.

O que falta definir é a origem desses recursos. O DF diz ter em caixa todo o investimento necessário para a obra, mas também pode tomar R$ 400 milhões emprestados do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O novo Mané Garrincha terá capacidade para 70 mil pessoas. Entretanto, como o projeto não prevê cobertura para todas as cadeiras, a arena ainda não será viável para sediar a abertura da Copa do Mundo.