Dirigente agenda obras na Arena da Baixada

O presidente da comissão de assuntos para a Copa das Confederações de 2013 e Copa do Mundo de 2014 do Atlético Paranaense, Mário Celso Petraglia, confirmou à Máquina do Esporte que as obras da Arena da Baixada já têm data marcada. No dia 4 outubro, os trabalhos de fundação terão início, garantiu o dirigente.

Após recusar propostas de construtoras para realizar as obras, o clube não fará a reformulação da arena com uma única empresa. O Atlético irá contratar uma gerenciadora que irá lidar com 20 servidores distintos, cada um com uma área específica.

O nome da empresa que fará essa gerência ainda é mantido em sigilo. Apesar de as obras estarem marcadas para a próxima terça-feira, o contrato ainda não foi assinado. As negociações já estão adiantadas, mas a gerenciadora só será anunciada quando o acordo estiver fixado, o que deve acontecer na próxima segunda-feira.

Essa primeira fase das obras será focada nas fundações, o que não precisa interditar o estádio e atrapalhar a equipe nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Em 2012, as obras ficam mais intensas e, por motivos de segurança, não haverá nenhuma partida no local.

Petraglia se diz tranquilo com o andamento das obras, e rechaça as notícias que indicam atrasos. “As pessoas falam que as obras estão atrasadas, mas se esquecem que 60% do estádio já está pronto”, afirmou. O término das obras está previsto para dezembro de 2012, o que daria condições à Arena de receber a Copa das Confederações.

O dirigente só não detalha ainda como o clube pretende arcar com os custos, estimados em R$ 180 milhões. Dois terços desse valor serão passados pela prefeitura de Curitiba e o governo do Estado. Faltam R$ 60 milhões, pagos pelo próprio clube.