Em 2011, Santos busca antiga meta de sócios

Vila Belmiro poderá ter apenas sócios na Libertadores

Vila Belmiro poderá ter apenas sócios na Libertadores

Quando assumiu a gestão, o atual departamento de marketing do Santos tinha como um dos objetivos potencializar os ganhos com os associados do clube. O projeto era ambicioso: chegar a 100 mil sócios em 2012. No entanto, a estrutura para receber esse número ainda não existia, o que adiou as ações. Agora, com a ajuda da Libertadores, o clube começa a se preparar para cumprir as suas intenções.

Anteriormente, o clube queria iniciar a chamada para novos sócios ainda em março deste ano. No entanto, houve dificuldades na tecnologia para atender a demanda requerida. O Santos passou então a reformular o seu sistema para que pudesse prestar serviço a um número elevado de pessoas, algo que envolve tecnologia e pessoal adequado.

A empolgação do marketing santista já tem um fundamento bem colocado. O novo programa para sócios entrou em vigor no fim deste ano e, mesmo ainda sem a divulgação necessária, já foram obtidos 10 mil pessoas, empolgadas com a possibilidade de ter privilégios para assistir a Neymar, Ganso e Cia. em uma Copa Santander Libertadores.

Por outro lado, apesar do momento santista ser de fato empolgante dentro dos gramados, o gerente de marketing do clube, Armênio Neto, é taxativo ao comentar o plano de sócio santista. “Se depender apenas do futebol, da compra de ingressos, ele não se sustenta” afirmou.

Nem mesmo a Vila Belmiro, estádio santista, comportaria tamanha quantidade de sócios. Com capacidade para menos de 20 mil pessoas, a arena poderá receber apenas associados durante a Copa Libertadores, algo que poderá se tornar comum no futuro. A plano do marketing é não frustrar aqueles que ficarem fora do estádio.

Para isso, o clube planeja uma série de benefícios aos associados, com um programa de relacionamento. O sócio terá, por exemplo, acesso a conteúdos do time com uma revista e uma senha para partes fechado do site. Existe também um planejamento para que esse torcedor tenha descontos em produtos. No momento, o clube negocia até com uma seguradora para poder oferecer esse serviço aos seus novos membros.