Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Emirates é novo patrocinador do Aberto da Austrália

Com acordo, companhia aérea passa a ser apoiadora de 3 dos 4 torneios de Grand Slam do tênis

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 31/10/2014, às 09h19 - Atualizado às 11h19

Imagem Emirates é novo patrocinador do Aberto da Austrália

Conhecida por investimentos no esporte, a Emirates será a nova patrocinadora principal do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, a série formada pelos quatro maiores torneios do tênis. Além da competição, a Emirates também arrematou todos os outros torneios de início de ano jogados no país: a Copa Hopman, em Perth, os ATPs 250 de Brisbane e Sydney, o WTA de Hobart e o World Tennis Challenge, disputa de exibição que acontece em Adelaide, uma semana antes do Aberto da Austrália.

Com o acordo, a Emirates se consolida ainda mais como um dos principais patrocinadores da modalidade. Em 2012, a companhia aérea desembarcou no Aberto dos Estados Unidos, com um contrato de sete anos no valor total de € 90 milhões. No ano passado, tornou-se patrocinadora do Torneio de Roland Garros, em um acordo que vai até 2018 e gera uma verba de € 3 milhões por ano ao Aberto da França.

“Nosso contrato com o Aberto da Austrália e demais torneios no país é uma extensão natural de nossa carteira de patrocínio no tênis em todo o mundo, que agora inclui três dos quatro Grand Slams da temporada”, afirma Tim Clark, CEO da Emirates.

A companhia aérea também é patrocinadora dos ATP 1000 de Toronto, Indian Wells e Roma e do ATP 500 e WTA de Dubai. Na temporada passada, assinou contrato com o ATP 500 de Barcelona, visto como estratégico para a companhia, como forma de se contrapor à concorrente Qatar Airways, patrocinadora da camisa do Barcelona.

No futebol, a Emirates hoje é o patrocinador principal de ao menos um clube nas principais ligas europeias: Arsenal (Inglaterra), Real Madrid (Espanha), PSG (França), Hamburgo (Alemanha), Milan (Itália) e Olympiakos (Grécia).

Uma das companhias internacionais que mais vinculou seu nome ao esporte, a Emirates destina 35% de sua verba de marketing a patrocínios no setor. Segundo a empresa, para cada € 1 milhão investidos em esporte, houve um retorno de € 6 a 8 milhões.