Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Empresa de bicicletas impede que Messi registre marca própria

Casa Masferrer possui marca com nome bem parecido com o do argentino

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 23/01/2018, às 10h08 - Atualizado às 12h08

Imagem Empresa de bicicletas impede que Messi registre marca própria

Foto: Divulgação

O argentino Lionel Messi, astro do Barcelona e da seleção de seu país e cinco vezes eleito melhor jogador do mundo, encontrou mais um adversário difícil na carreira. Dessa vez, no entanto, do lado de fora do campo. O jogador está encontrando problemas para registrar sua própria marca de roupas e artigos esportivos.

De acordo com o site espanhol El Confidencial, a questão de Messi é com a empresa Casa Masferrer, ligada ao mundo do ciclismo, que, entre várias marcas próprias, possui uma de bicicletas chamada Massi. Como também se trata de uma marca esportiva e o nome é muito parecido com o sobrenome do craque argentino, a Casa Masferrer entende que será prejudicada, caso o jogador utilize o nome pelo qual é conhecido mundialmente.

Segundo a publicação, Jaume Masferrer Coma, um dos proprietários da Casa Masferrer, entrou com um pedido para que o Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia (Euipo) proibisse o jogador de usar a marca. E o Euipo deu razão ao empresário.

“O tribunal considerou que há uma probabilidade de confusão entre as duas marcas porque alguns dos produtos são idênticos, outros são parecidos, e as marcas registradas são semelhantes. Seus elementos dominantes, constituídos pelos termos ‘Massi’ e ‘Messi’, são praticamente idênticos nos planos visual e fonético, de modo que uma possível diferença conceitual só seria percebida, em seu caso, por parte do público relevante”, diz parte da resolução do Euipo.

Foto: Divulgação

Ao que tudo indica, o camisa 10 parece fazer questão de ter seu sobrenome no logotipo da marca, que também possui um ‘M’ estilizado. O jogador poderia, se quisesse, seguir a linha de outros atletas famosos, como Roger Federer, Rafael Nadal, Michael Jordan e Tiger Woods, que criaram logos sem a utilização de seus nomes e sobrenomes famosos.

Derrotado por ora, Messi decidiu apelar para o Tribunal Geral da União Europeia. Ainda não há uma data em que a decisão final será anunciada, mas especula-se na imprensa espanhola que não deve demorar.