Escolas do Boca negociam parceria com a Nike

Garotos batem bola na inauguração de escola do Boca no Brasil

Garotos batem bola na inauguração de escola do Boca no Brasil

Fornecedora de material esportivo do Boca Juniors, a Nike pode fechar também com as escolas de futebol que o clube argentino pretende estabelecer no Brasil. A primeira unidade foi inaugurada no último sábado, na Penha (zona leste de São Paulo).

Ainda faltam detalhes sobre a parceria, mas a ideia é que a Nike participe de formas diferentes em cada uma das franquias. O modelo de atuação da empresa de material esportivo pode ir do simples fornecimento de uniformes até o patrocínio da unidade.

Nesta terça-feira, representantes da Nike devem ter uma reunião com a empresa DFS Gol, agência brasileira que é a parceira oficial do Boca Juniors no país para o segmento de franquias.

O mais curioso é que a Nike não tem relação com a “Chute inicial”, franquia de escolas ligada ao Corinthians. Assim como o Boca Juniors, o clube do Parque São Jorge tem contrato com a multinacional.

“Acho que pesa o fato de o projeto deles ser muito maior. Nós estamos começando, e eles têm uma oportunidade de acompanhar o crescimento do negócio”, opinou Carlos Júlio Pierin, diretor da DFS Gol.

A reunião desta terça-feira também servirá para a escolha dos produtos que serão usados por alunos das escolinhas do Boca Juniors no Brasil. O clube argentino pretende abrir dez ou 12 escolas no país apenas no primeiro ano de atuação na região e com isso atingir um total de mil alunos.