Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Espanha implanta identificação por digitais para entrada em estádios

Liga de Futebol Profissional irá tornar sistema obrigatório nas Séries A e B a partir de próxima temporada

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 17/03/2015, às 15h27

Imagem Espanha implanta identificação por digitais para entrada em estádios

Todos os torcedores serão identificados ao entrar no estádio na Espanha

A Liga de Futebol Profissional irá implantar um identificador de torcedores na porta dos estádios, em uma das medidas que visa coibir a violência. Cada pessoa que entrar no estádio será obrigada a colocar o dedo indicador em uma máquina que irá identificar o torcedor. A partir da próxima temporada, ninguém entrará nas arenas, na primeira e segunda divisão da Espanha sem ter passado por essa identificação.

Segundo o presidente da liga, Javier Tebas, essa é a melhor maneira de impedir a entrada de qualquer indivíduo de grupos violentos.

A medida da LFP é mais uma que visa coibir casos de violência nos estádios. Desde 30 de novembro, todas as equipes da primeira divisão da Espanha são obrigadas a fazer uma lista de seus torcedores violentos, norma que nem todos os clubes têm cumprido.

Com essa determinação, todos os estádios terão que instalar, até agosto, os controles datiloscópicos de acesso. Essa medida de segurança foi comunicada aos clubes na semana passada.

A liga quer controlar o acesso de todas as torcidas organizadas aos estádios, sejam elas formadas por radicais ou não. Os clubes também são obrigados a ter o nome de todas as organizadas em um livro de registros. Grupos que não estejam contabilizados pelos clubes, não podem ter acesso às arenas com qualquer símbolo que a identifique.

No Brasil, o Atlético-PR é o primeiro clube que está implantando o sistema para controlar a entrada das torcidas organizadas na Arena da Baixada.