Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Estádio deve definir acordo palmeirense

Estádio deve definir acordo palmeirense

Gustavo Franceschini em São Paulo - SP Publicado em 12/01/2009, às 08h00 - Atualizado às 10h00

O patrocínio master do Palmeiras para 2009 deve passar pelo Palestra Itália. Mesmo em tempos de crise, a diretoria alviverde negocia o peito do uniforme com propriedades de seu estádio, que deve estar totalmente reformado em alguns anos. Nesta segunda-feira, o desejo da Samsung de participar ativamente do projeto pode ser uma vantagem para a Fiat, que também oferece R$ 12 milhões e aguarda um ?sim? no sprint final pelo contrato. Pelo menos é assim que o dia está sendo tratado pela cúpula do clube. Para o Palmeiras, as conversas demoraram demais para avançar, e a diretoria deve optar imediatamente entre a marca de eletrônicos coreana e a montadora italiana. ?A discussão das propostas está nos últimos minutos. Quem participou das conversas vai sentar com o presidente para optar por uma das duas. Acho que à tarde já teremos uma resposta?, disse Luiz Gonzaga Belluzzo, atual diretor de planejamento e candidato da situação à eleição presidencial do próximo dia 26. A última semana, decisiva nas tratativas, foi marcada de expectativa para as duas empresas, que sentiram avanço. A Fiat igualou formalmente a proposta da Samsung, adicionando R$ 3,5 milhões ao valor pago atualmente. Já os coreanos voltaram atrás no pedido de camisa ?limpa?, pois a Suvinil tem contrato até maio e o Palmeiras faz questão de mantê-la na manga. Com quase tudo igualado em termos financeiros, o diferencial passou a ser o estádio. Parte da diretoria do Palmeiras entende que a Samsung quer espaço demais no Palestra Itália, enquanto a Fiat se satisfaz com bem menos. Um pequeno entrevero com a montadora, porém, pode complicar a negociação. A atual parceira ?deve? o pagamento de um bônus pela conquista da vaga na Libertadores, segundo o clube. A Fiat entende, no entanto, que só deve pagar o combinado depois que a equipe de Vanderlei Luxemburgo superar o Real Potosí, pela fase eliminatória da competição continental. Resolvida a ?birra?, a montadora é favorita para estampar seu logo na camisa do Palmeiras em 2009.