Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Estado concentra débito de clubes

Estado concentra débito de clubes

Redação em São Paulo - SP Publicado em 10/06/2010, às 20h00

Uma auditoria realizada pela Agência Brasil divulgada nesta semana apontou que a dívida dos clubes profissionais de futebol do Brasil chega a R$ 2,4 bilhões. Dessa quantia, 57% é para o Estado, entre impostos e seguro social, além do valor das multas aplicadas pelos atrasos. O relatório também apontou um crescimento de quase 100% entre 2006 e 2010. Há quatro anos, o valor era de R$ 1,3 bilhão e a dívida com o Estado representava 53% desse bolo. Mesmo com ações como o Time Mania, a maioria dos clubes brasileiros não conseguiu segurar suas contas nos últimos anos. Por outro lado, houve um aumento na receita entre 2009 e 2010. Liderada principalmente por Corinthians, Flamengo, Internacional e São Paulo, a renda dos clubes aumentou 14,7%. Quanto as dívidas de cada clube, pouca mudança em relação ao estudo realizado pela Crowe Horwarth RCS há algumas semanas, quando a dívida dos clubes esteve calculada em R$ 2,76 bilhões. Pela Agência Brasil, Fluminense lidera a lista com R$ 319 milhões, seguido de Botafogo e Atlético Mineiro, com R$ 301 milhões e R$ 293 milhões, respectivamente. O estudo também apontou a participação de cada setor na construção da renda das equipes brasileiras. Direito de televisão representa 27% do dinheiro arrecadado. Transferência de jogadores tem 21%, enquanto patrocínio e publicidade ficam com 16% e bilheteria tem apenas 12%.