Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Estafe blinda Neymar e limita entrevistas

Estafe blinda Neymar e limita entrevistas

Erich Beting e Guilherme Costa em São Paulo - SP Publicado em 13/03/2009, às 08h00 - Atualizado às 11h00

Neymar disputou apenas duas partidas como profissional do Santos. Na vitória por 2 a 1 sobre o Oeste e no empate por 1 a 1 com o Paulista, começou como suplente e entrou no segundo tempo. Antes mesmo disso, porém, já tinha status de estrela no time alvinegro. Cercado por grande expectativa, o atacante será blindado por seu estafe nos próximos meses. A ideia é evitar uma exposição exacerbada da imagem de Neymar no início da carreira. O atacante é empresariado por Wagner Ribeiro, que também é agente do meia Lulinha. Promovido ao elenco profissional com igual furor, o camisa 19 não conseguiu se firmar sequer entre os titulares do clube do Parque São Jorge e virou exemplo do quanto essa expectativa pode ser prejudicial. Com Neymar, Ribeiro tem adotado postura bem mais cautelosa. Por isso, pediu ao atacante do Santos que evite entrevistas nos próximos meses. ?Ele tem muito talento, mas é menino e está começando. Queremos fazer as coisas com bastante calma para que ele se preocupe só com o que acontece em campo?, contou o empresário. Enquanto restringe o contato de Neymar com a imprensa, o estafe do jogador faz um trabalho de preparação para o contato com a mídia. Constantemente comparado com Robinho por seu estilo e pelo tipo físico, o atacante recebe tratamento de grande promessa, do Santos e de seu empresário, desde que estava nas categorias de base. ?Ele precisa de tranquilidade agora para mostrar tudo o que sabe. Isso é importante para o Neymar poder crescer?, completou Ribeiro. Na última semana, quando acertou com o Santos a ampliação de seu contrato até 2014, Neymar negociou os 40% de seu vínculo contratual que pertenciam a seus familiares com o grupo Sonda. O acordo elevou a multa rescisória do atacante para 30 milhões de euros (cerca de R$ 90 milhões).