Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Facebook renova com MLB, mas tem redução drástica de jogos

Plataforma Watch transmitirá apenas seis partidas; em 2018, foram 25 jogos

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 02/04/2019, às 10h42

Imagem Facebook renova com MLB, mas tem redução drástica de jogos

A Major League Baseball (MLB) anunciou nesta segunda-feira (1º) a renovação de contrato com o Facebook para transmissão de jogos da temporada 2019. No entanto, a parceria passará apenas seis jogos, uma redução drástica no número de partidas exibidas. No ano passado, foram 25 partidas transmitidas pelo Watch.

O acordo de direitos desta temporada, que equivale a um jogo por mês, fará com que as partidas estejam no ar globalmente no Facebook Watch, excluindo-se os mercados locais sujeitos a contratos específicos. Outro detalhe é que, neste ano, os jogos não serão exclusivos, diferentemente do ano passado, quando a plataforma de streaming transmitiu os 25 jogos sem concorrência.

A programação ao vivo da MLB do Facebook Watch ainda não foi decidida, embora a plataforma de mídia social já tenha divulgado que exibirá os destaques de todos os jogos, bem como resumos semanais. A rede social ainda acrescentou que a MLB poderá vender patrocínios para cada uma das seis transmissões ao vivo.

Foto: Reprodução

"Estamos ansiosos para testar um novo modelo para jogos ao vivo, o que deve ajudar a liga a alcançar um público mais jovem e global", revelou Rob Shaw, responsável pelas parcerias esportivas do Facebook com as ligas e a mídia.

"A colaboração com o Facebook impulsionará novamente a criação de novas formas de distribuição de conteúdo aos fãs de beisebol que participam diariamente da plataforma. O Facebook oferece um ambiente focado na comunidade que permitirá aos fãs se conectarem com seus times favoritos por meio de conteúdo personalizado sob demanda e ação de jogo ao vivo impulsionada por uma produção original e de primeira qualidade da MLB Network", afirmou Chris Tully, vice-presidente executivo de mídia global da MLB.

O novo acordo entre Facebook e MLB acaba sendo um retrocesso no que vinha sendo uma parceria de sucesso nos dois últimos anos. O primeiro contrato foi assinado em 2017 para a transmissão de 20 jogos sem exclusividade, o que foi melhorado substancialmente em 2018, inclusive com 123 milhões de visualizações nos 25 jogos transmitidos de forma exclusiva. Para 2019, no entanto, espera-se que a audiência tenha uma queda drástica. 

A diminuição da parceria com o Facebook contrasta com a notícia divulgada pela Máquina do Esporte há pouco mais de dez dias de que a MLB concretizou um acordo com a Amazon. A gigante do e-commerce exibirá a MLB.TV, plataforma criada pela liga de beisebol americana, por streaming no Amazon Prime Video. A MLB.TV possui todo o conteúdo gerado pela MLB e que não faz parte dos contratos de televisão assinados com as principais emissoras dos Estados Unidos.