Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Final da Libertadores será no Santiago Bernabéu, em Madrid

Segundo Conmebol, escolha se deu pelo alto número de argentinos na Espanha

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 30/11/2018, às 08h03 - Atualizado às 10h03

Imagem Final da Libertadores será no Santiago Bernabéu, em Madrid

A Conmebol tomou uma decisão inusitada para a final entre River Plate e Boca Juniors: o jogo será realizado em Madrid, capital espanhola. Essa deverá ser a primeira vez que o título da Libertadores da América será disputado fora da América. Em uma relação curiosa com o nome da competição, o jogo será no país colonizador da maior parte do continente.

Segundo a Conmebol, Madrid foi a escolhida pelo alto número de argentinos que vivem na Espanha, cerca de 250 mil pessoas. E quem irá arcar com todos os gastos, mais uma premiação extra pela partida, será o Governo do Qatar, que, em um primeiro momento, queria colocar o jogo em Paris. Atualmente, a Qatar Airways é patrocinadora do Boca Juniors e também da própria Conmebol.

Foto: Reprodução

A notícia, no entanto, não agradou ao River Plate. Na madrugada de quinta para sexta-feira, o time lançou um comunicado para reiterar que irá apelar aos meios legais para garantir que a final da Libertadores seja realizada em seu estádio, o Monumental de Nuñez. Foi na arena de Buenos Aires que o ônibus do Boca Juniors foi apedrejado no último fim de semana.

Nesta semana, a Conmebol já havia anunciado que a decisão entre River Plate e Boca Juniors seria fora da Argentina, com o argumento de que o país não havia conseguido apresentar garantias de segurança para o duelo.

O palco escolhido para a decisão do torneio será o Santiago Bernabéu, a casa do Real Madrid, que, no fim de semana da final, jogará em Huesca, pelo Campeonato Espanhol. Com capacidade para mais de 80 mil pessoas, o estádio espanhol foi a sede da final da Liga dos Campeões de 2010.