Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Final fora do ‘roteiro’ mostra um Rio Open mais forte

Mesmo sem Rafael Nadal na decisão do torneio, arena ficou quase lotada para ver duelo entre David Ferrer e Fabio Fognini

Erich Beting - Rio de Janeiro (RJ) Publicado em 23/02/2015, às 16h43

Imagem Final fora do ‘roteiro’ mostra um Rio Open mais forte

Arquibancada do Rio Open para a final entre Ferrer e Fognini

“Como será que estará hoje?”

A pergunta era ouvida com frequência no Corcovado Club, área VIP do complexo do Rio Open no início de domingo. A preocupação era saber se a imprevista final sem Rafael Nadal (algo inédito no país) reduziria o apetite dos torcedores para ver David Ferrer e Fabio Fognini.

Uma arena praticamente lotada, celebridades nas áreas VIPs e um arrasador Ferrer em quadra mostraram que o Rio Open já tem potencial para ser menos dependente de um único astro.

Com os ingressos da final vendidos com antecedência, o torcedor decidiu ir à quadra central. Da mesma forma, convidados VIPs foram para o Jockey Club Brasileiro acompanhar a partida. Alguns, como o nadador Cesar Cielo, foram para ação com patrocinador pré-jogo. Outros, como o ex-jogador Ronaldo, o ator Thiago Lacerda e o narrador Galvão Bueno foram a convite da organização.

No ano que vem, às vésperas das Olimpíadas, o Rio Open deve atrair os principais atletas. Mas, pelo que se viu neste ano, não precisa ter um medalhão na final para o público comparecer.