Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Fla polariza briga por seus uniformes

Fla polariza briga por seus uniformes

Redação em São Paulo - SP Publicado em 19/03/2009, às 12h00

Terminou às 17h da última terça-feira o prazo dado pelo Flamengo para a inscrição de empresas interessadas em fornecer uniformes ao clube carioca. Sem surpresas, essa fase registrou apenas uma proposta e polarizou a briga pela fabricação do material esportivo rubro-negro. A única empresa que se mostrou interessada em fornecer uniformes ao Flamengo foi a Vulcabrás, que pretende usar o clube rubro-negro como porta de entrada da marca Olympikus no futebol. Os termos foram repassados à Nike, atual fornecedora, que tem direito de preferência se apresentar proposta de igual valor. A disputa polarizada pelos uniformes do Flamengo confirma o que era esperado desde o ano passado. Insatisfeito com a Nike, o clube rubro-negro chegou a tentar um rompimento unilateral do contrato. Entretanto, a empresa conseguiu na Justiça o direito de cumprir o acordo até o fim. Já naquela época, uma proposta da Olympikus era um dos principais alicerces para a decisão do Flamengo. A equipe carioca chegou a utilizar um uniforme com três pontos de interrogação no lugar do fornecedor, em alusão ao logotipo da empresa do grupo Vulcabrás. Como a Nike conseguiu vencer na Justiça, porém, o acordo com a Olympikus foi adiado. O Flamengo lançou edital de convocação para empresas interessadas em seus uniformes no dia 4 de março deste ano. A proposta da Olympikus agora será apresentada à Nike. A diretoria rubro-negra não revela os valores envolvidos no acordo, mas prevê que a empresa norte-americana não tentará igualar a oferta. Com isso, a Olympikus deve assumir o fornecimento de material esportivo ao Flamengo a partir de 1º de julho de 2009. O novo contrato, independentemente do fabricante, terá duração até 30 de junho de 2011.