Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Fla terá choque de gestão em 2 meses

Fla terá choque de gestão em 2 meses

Gustavo Franceschini em São Paulo - SP Publicado em 27/01/2009, às 10h00 - Atualizado às 12h00

Chamado em cima da hora para salvar a ginástica artística do Flamengo da extinção, João Henrique Areias vai ganhar, na sequência, a responsabilidade de profissionalizar o departamento de esportes olímpicos da Gávea. Em dois meses, o especialista em marketing esportivo terá a incumbência de mesclar dirigentes voluntários com contratados, em projeto que pretende revitalizar o setor. ?Vou desenvolver isso tudo e montar a equipe operacional. É o papel do futuro executivo. Terá divisão de retaguarda, que funcionará como a administração, de marketing e também a coordenação da área técnica?, disse Areias. Para colocar seu plano em prática, o agora dirigente deve assumir o cargo de vice-presidente de esportes olímpicos, que hoje é de Patrícia Amorim. Essa mudança vai aproximá-lo do presidente Márcio Braga, o que romperá barreiras burocráticas para a mudança. Areias entende que a mescla entre dirigentes profissionais e voluntários deve ser a ideal para um clube como o Flamengo. Ele entende que a gestão esportiva, ultrapassada desde a década de 1980, pode comportar essas diferenças de maneira saudável. ?Você tem de ser uma pessoa preparada para discutir com os diferentes tipos que se apresentam no mercado. Agora, você também não pode dispensar aquele cara que é apaixonado pelo clube e por vezes compromete até a sua vida pessoal por aquilo. Eu entendo que ainda tem espaço para esse tipo de pessoa?, concluiu.