Flamengo acerta com Brasil Brokers para os ombros

A Brasil Brokers, grupo de consultoria e intermediação imobiliária, é a nova patrocinadora do Flamengo. A empresa acertou um contrato de quatro meses com o clube carioca. A negociação envolveu mais uma propriedade aberta no uniforme rubro-negro: os ombros.

Existe apenas um empecilho para que a empresa seja anunciada oficialmente como parceiro flamenguista para o restante do ano. Assim como qualquer outro patrocínio, a Brasil Brokers terá que passar pela aprovação do conselho deliberativo do clube. Entre a direção e a empresa, já está tudo acertado. E o marketing do Flamengo não vê impedimentos entre os conselheiros para consolidar o acordo.

O contrato com a Brasil Brokers envolve uma quantia ao redor de R$ 2 milhões. Ela se junta a Duracell, Gillette, TIM, BMG e Olympikus no uniforme do clube. As duas primeiras foram anunciadas neste mês, em um contrato com a Procter & Gamble. O clube ainda negocia com a Cosan, em uma conversa que envolve um processo de 11 anos por uso da empresa de um terreno na Gávea.

Com o Flamengo, a Brasil Brokers entra no futebol em um momento de forte crescimento da empresa. Há dez dias, a companhia anunciou um crescimento no lucro de 43,6% no segundo trimestre, em comparação ao mesmo período de 2010. O número chegou R$ 31,66 milhões, em uma receita líquida de R$ 99,93 milhões.

Neste mês, dias antes de anunciar o aumento de seu lucro, a empresa havia feito mais um investimento para aumentar o seu patrimônio. A Brasil Brokers havia comprado 75% do capital da gaúcha Vera Bernardes Assessoria Imobiliária.