Fluminense lota avião para jogo no Paraguai

Montagem com avião, no site do Fluminense

Montagem com avião, no site do Fluminense

O Fluminense, em parceria com três de seus patrocinadores (Adidas, Unimed e AmBev), fez uma ação nesta semana para levar torcedores para o Paraguai, a fim de acompanhar a equipe na partida contra o Libertad, pela Copa Santander Libertadores. Mesmo com o preço elevado, os 110 pacotes foram vendidos em menos de 24 horas.

Quem comprou o plano, chamado de “Boeing Tricolor”, ganhou a vaga em um avião fretado, com direito a jantar e uma camisa oficial de jogo do Fluminense. Quem acompanhará os torcedores será Romerito, ídolo tricolor que jogou nas Laranjeiras na década de 80. Cada pacote custava R$ 1600,00.

O voo sai do Rio de Janeiro na tarde da próxima quarta-feira, e retorna já na manhã de quinta-feira. Para o vice-presidente de marketing do Fluminense, Idel Halfen, essa rapidez é o que justifica o preço mais alto. “O grande diferencial é poder ir e voltar em menos de um dia. Isso, para quem trabalha, é primordial”, afirmou.

As empresas envolvidas, Adidas, Unimed e AmBev, tiveram participação discreta no desenvolvimento do projeto. Elas ajudaram a organizá-la, mas não irão fazer ações específicas com os torcedores que estarão viajando com o clube.

A exceção é a Brahma, que fez um concurso cultural para dar a passagem para dois torcedores, com direito a um acompanhante. A promoção, que já está encerrada, pedia para que o interessada seguisse os perfis de Fluminense e Brahma na rede social Twitter e respondesse a três questões envolvendo o clube.