Fortaleza está próximo de acertar dois patrocínios

Clube receberá R$ 60 mil mensais por ambos os aportes

Clube receberá R$ 60 mil mensais por ambos os aportes

A situação financeira do Fortaleza, integrante da Série C do Campeonato Brasileiro, está "quase" segura. O clube cearense está próximo de fechar dois patrocínios para a disputa do torneio. As marcas das empresas, cujos nomes serão mantidos em sigilo até que os contratos sejam assinados, serão inseridas no peito e na barra da camisa.

Pela cota máster, a equipe irá receber cerca de R$ 40 mil mensais, enquanto o espaço de co-patrocínio foi negociado por R$ 20 mil mensais. A expectativa é que o anúncio oficial aconteça na próxima semana, de modo que as peças possam ser confeccionadas pela fornecedora de materiais esportivos, ainda indefinida, em tempo.

Por outro lado, o Fortaleza subiu a meta de sócios a serem atingidos até o início da Série C. Atualmente com 3,5 mil filiados, o clube pretende chegar aos cinco mil antes da estreia no campeonato, agendada para o dia 16 de julho. O número de associados tem oscilado na casa dos três mil durante esta temporada, mas o plano é otimista.

"Faremos uma grande ação de marketing, com anúncios em televisão, outdoor, e-mail marketing, enfim, todas as ferramentas que tivermos à disposição", conta Demetrius Coelho, diretor de marketing do time cearense. "Se conseguirmos contratar mais um ou dois jogadores, dá para chegar nesse número, cinco mil, sim".

Atualmente, a equipe está em processo de troca da fornecedora de artigos esportivos. O acordo com a Lotto, iniciado na temporada de 2009, não satisfaz nem ao clube, nem à empresa. Até o momento, Lupo e Stadium, segundo apurou a Máquina do Esporte, negociam com o Fortaleza para substituir a Lotto como fornecedora.

Leia mais:

Fortaleza e Lotto negociam rescisão de parceria