Globo perde com final de Libertadores

Título colorado não teve apelo em São Paulo - Crédito Redação

Título colorado não teve apelo em São Paulo - Crédito Redação

Na noite de quarta-feira o Internacional se consagrou campeão da Copa Santander Libertadores, mas a Globo não deve ter ficado satisfeita com o apelo do clube em São Paulo. Após hesitar em transmitir o jogo, a emissora conseguiu apenas 15 pontos de média com o duelo entre o time gaúcho e o Chivas Guadalajara.

Em 2009, a emissora carioca decidiu não transmitir a final da Libertadores para São Paulo, já que o time brasileiro era o Cruzeiro, de Minas Gerais. No ano anterior, no entanto, a Globo optou pelo duelo no Maracanã entre LDU e Fluminense. Na ocasião, o jogo conseguiu 31 pontos de audiência em média, mais do que o dobro do resultado obtido pelo Internacional.

Neste ano, o primeiro jogo da final, em Guadalajara, não foi transmitido para São Paulo. A Globo optou pela estreia do Palmeiras na Copa Nissan Sul-Americana, contra o Vitória. O jogo registrou 20 pontos de audiência, o que representou uma queda no Ibope, já que na semana anterior as finais da Copa do Brasil e a semifinal da Libertadores renderam 26 e 36,9 pontos respectivamente.

A Sul-Americana também esteve á disposição do público paulista, mas não coseguiu bons índices na audiência. O Santos precisava vencer por três gols de diferença o Avaí. Mas mesmo com a presença de Neymar e Paulo Henrique Ganso o duelo não conseguiu mais do que 5 pontos na Bandeirantes, com média de 3.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.