Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Globo tem maior audiência do Paulistão desde 2004

Decisão alcançou média de 43 pontos, a maior desde 2012

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 10/04/2018, às 07h39 - Atualizado às 10h39

Imagem Globo tem maior audiência do Paulistão desde 2004

A Globo tem motivos para celebrar a disputa do Paulistão deste ano. Com mais um recorde de audiência na final do torneio, a emissora encerrou as vinte transmissões campeonato estadual com a melhor média de audiência desde 2004.

Na decisão, foram 43 pontos de média, o maior índice do futebol na emissora desde a final da Libertadores de 2012, entre Corinthians e Boca Juniors. No fim do torneio, foram 26 pontos de média no geral. Em comparação, a edição de 2017 registrou uma média de 23,3 pontos.

Alguns fatores colaboraram para o aumento da audiência. Com o torneio espremido pelo calendário de Copa do Mundo, houve mais partidas nas quartas-feiras. Precisamente, foram sete, contra quatro de 2017. Isso inclui a semifinal, que novamente teve Corinthians e São Paulo em campo. No ano passado, o jogo decisivo registrou 29 pontos, contra 42 neste ano.

Outro fator foi o grande clássico da decisão. A última vez que dois times da capital decidiram o torneio foi em 2003, com uma final entre Corinthians e São Paulo. Em 2017, o time do Parque São Jorge decidiu o título com a Ponte Preta, e em nenhuma das partidas o Ibope bateu a marca dos 30 pontos.

Assim como havia feito em 2017, a Globo voltou a segurar a presença do Corinthians nas primeiras rodadas. O time fez a segunda aparição apenas na sétima rodada, após ter o jogo de estreia televisionado. No ano passado, apenas uma partida da equipe havia sido exibida pela Globo até a sétima rodada.

O índice poderia ser até maior se a Globo não tivesse priorizado o pay-per-view na primeira fase do torneio. As duas partidas com maior potencial de audiência, Corinthians x Palmeiras e Corinthians x São Paulo, não foram exibidas em rede aberta.