Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

GP de São Paulo tem alta no público e na audiência

Autódromo de Interlagos recebeu mais gente neste ano

Duda Lopes - São Paulo (SP) Publicado em 11/11/2014, às 08h00 - Atualizado às 10h00

Imagem GP de São Paulo tem alta no público e na audiência

O Autódromo de Interlagos vem sofrendo uma série de reformas nos últimos meses. Somente o Governo Federal investiu R$ 160 milhões para que São Paulo garanta a sua presença no circuito de Fórmula 1. Para quem podia imaginar um período de baixa, esse ano pôde mostrar que o evento ainda tem fôlego.

O público geral, considerando os três dias de carros na pista, saiu de 130 mil em 2013 para 133 mil neste ano. A organização só não revelou o número de presentes no dia da prova, no domingo. O público da corrida tem caído nos últimos anos.

Na televisão, a Globo também teve alta. Foram 15 pontos de média em São Paulo, contra 13 pontos na corrida de 2013. O bom desempenho do brasileiro Felipe Massa certamente ajudou nesse caso. Em 2012, quando a Globo teve alta de 18 pontos, o piloto também terminou a prova na terceira colocação.

Já a Prefeitura de São Paulo celebrou a presença dos turistas na cidade. A estimativa é que a movimentação com visitantes gerassem R$ 260 milhões com a Fórmula 1; o número é o principal argumento para o investimento no autódromo. O Observatório de Turismo e Eventos de São Paulo calcula que esse número tenha sido ultrapassado neste ano.

Um dos motivos é o tempo de permanência dos turistas na cidade, que passou de 2,34 para 2,67 dias entre os brasileiros e 3,58 para 3,83 dias entre os estrangeiros. Os gastos passaram de R$ 2.444 para R$ 2.628, com os turistas nacionais, e US$ 1.760 para US$ 2.459, com o público de fora do país. Uma das justificativas para o tempo maior de estadia é a realização do Salão do Automóvel paralelamente à Fórmula 1.