Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Green Bay Packers fecha estádio após pesquisa com torcida

80% dos detentores de ingresso para a temporada não queriam retorno a estádio

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 18/08/2020, às 14h57

Imagem Green Bay Packers fecha estádio após pesquisa com torcida

O Green Bay Packers, que disputa a NFL, decidiu que não terá torcedores presentes no Lambeau Field pelo menos nos dois primeiros jogos da temporada 2020/2021, que terá início no próximo mês de setembro.

A decisão foi anunciada pelo presidente da franquia, Mark Murphy, que afirmou que a maioria dos detentores do carnê de temporada afirmou que não se sentia confortável para assistir às partidas do estádio.

Segundo Murphy, um questionário enviado pelos Packers aos torcedores que tinham comprado o ingresso para a temporada no mês de julho. Nele, 80% das pessoas disseram que não queriam ir ao estádio para acompanhar os jogos do time.

Com isso, os Packers deram aos seus detentores de ingressos para a temporada a opção de renunciar ao que havia comprado para 2020 com um reembolso total ou adiar seus pagamentos até 2021.

Mark Murphy, presidente do Green Bay Packers, time da NFL - Foto: Getty Images

A ideia original do clube era organizar jogos com capacidade reduzida do estádio neste ano, mas a resposta contrária dada pela ampla maioria de fãs fez o time fechar os portões para os jogos contra o Detroit Lions, em 20 de setembro, e contra o Atlanta Falcons, em 5 de outubro.

"Foi uma decisão difícil. Aqui em Green Bay, sabemos o quanto nossos jogos em casa significam para a economia local e a comunidade local. No final das contas, o mais importante era proteger a saúde e a segurança de nossa comunidade e de nossos fãs", afirmou disse Murphy em entrevista ao site oficial da equipe.

De acordo com o executivo, antes de seu terceiro jogo em casa, em 1º de novembro, contra o Minnesota Vikings, haverá uma nova discussão interna para ver se os portões serão abertos.

A medida tomada pelo clube é só mais um capítulo na novela que se tornou o início da temporada da NFL. A liga facultou a cada franquia a decisão de ter ou não público nos estádios. Assim, cada um, junto com as autoridades sanitárias locais, tem decidido como fará.

No início deste mês, um relatório da TicketiQ afimrou que a liga pode perder até US$ 7 bilhões em receita de dia de jogo se nenhum torcedor puder assistir aos jogos nesta temporada.

Uma série de franquias, incluindo Kansas City Chiefs, Philadelphia Eagles, Pittsburgh Steelers, Baltimore Ravens e San Francisco 49ers, também ofereceram reembolsos aos detentores de ingressos para a temporada, enquanto o Las Vegas Raiders, New York Jets e New York Giants já comunicaram que não abrirão as portas na temporada.

A temporada de 2020/2021 da NFL está marcada para começar em 10 de setembro.