Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Grupo árabe faz proposta pelo Milan

Grupo árabe faz proposta pelo Milan

Redação em São Paulo - SP Publicado em 26/02/2009, às 14h00

A proposta é oficial. O valor, alto o suficiente para as negociações terem começado. Por 500 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão), o grupo árabe Abu Dhabi Investment, do mesmo proprietário do Manchester City, pretende comprar 40% das ações do Milan. A oferta é divulgada abertamente pelo grupo, mas o estágio adiantado da negociação foi publicado pelo jornal italiano ?Corriere della Serra? e negado pelo clube. Segundo a publicação, a Fininvest, holding de Silvio Berlusconi, aprovou as conversas com os árabes. O Abu Dhabi Investment, liderado por Mansour Bin Zayed, já controla 5% das ações da Mediaset, empresa de Berlusconi. A empresa do primeiro-ministro da Itália e presidente do Milan detém a maioria dos direitos televisivos de clubes italianos. O maior problema de Berlusconi atualmente é que o Milan gera prejuízo. A despeito de ter sido o oitavo em volume de receita no mundo durante 2008, segundo relatório da consultoria Deloitte, o clube italiano fechou o período com um prejuízo de 31,9 milhões de euros (R$ 96,8 milhões). Além da presença no Mediaset, a ligação entre Berlusconi e o Abu Dhabi Investment tornou-se muito próxima quando o Manchester City tentou contratar o meia brasileiro Kaká, atualmente no Milan. As duas equipes chegaram a acertar valores, mas o jogador rechaçou a proposta.