Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

HSBC nomeia etapa do LPGA no Rio

HSBC nomeia etapa do LPGA no Rio

Redação em São Paulo - SP Publicado em 09/01/2009, às 17h00

Pela primeira vez na história, uma cidade da América do Sul receberá um evento da Associação Profissional de Golfe Feminino (LPGA). Com o banco HSBC como patrocinador master, o Itanhangá Golf Club, no Rio de Janeiro, será a sede do evento inédito, que acontecerá nos dias 24 e 25 de janeiro. ?O HSBC LPGA Brasil Cup será uma excelente oportunidade para que os amantes brasileiros da modalidade conheçam seus ídolos de perto?, disse Mike Nichols, vice-presidente de competições da LPGA. Um dos grandes atrativos iniciais é a premiação de US$ 500 mil (R$ 1,1 milhão), a maior da história do golfe brasileiro, segundo a organização. Angela Park, maior nome do país na modalidade, está confirmada na competição, que contará com um torneio de abertura no dia 23 que reunirá jogadores, convidados e celebridades. ?É extremamente importante aproximar-se de seus clientes com iniciativas que promovam o esporte, a cultura e o entretenimento, e, principalmente, que agreguem valor à nossa marca?, disse Marcelo Velloso, diretor de marketing do HSBC. Além do banco, a Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, a Light e a Autodesk também são patrocinadoras oficiais do evento, que conta com BMW, Grupo Libra e Vivo em cotas menores. O poder público, inclusive, comemora o efeito positivo que a disputa pode trazer para a capital carioca. ?Promover um torneio que é inédito na América do Sul vem apenas reforçar a imagem do Rio de Janeiro como cidade pioneira e incentivadora do esporte e do turismo. Somos candidatos a sediar uma edição dos Jogos Olímpicos e receber as principais jogadoras de golfe do mundo reforça a nossa intenção e realça nossos objetivos?, disse a entidade pública, em nota oficial. ?Estamos orgulhosos em promover mais esse evento de esporte, graças ao apoio do Ministério dos Esportes e do Governo do Estado, além, é claro, das empresas que acreditaram no projeto e estão nos patrocinando?, disse Alan Adler, da Brasil 1, empresa promotora do evento.