Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Hyundai deve sair, e debandada no futebol australiano não para

Em pouco tempo, federação perdeu aportes de Aldi, Caltex e National Australia Bank

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 05/02/2020, às 10h05

Imagem Hyundai deve sair, e debandada no futebol australiano não para

A Hyundai deverá deixar o title sponsor da A-League, primeira divisão do futebol australiano, assim que o contrato terminar daqui a quatro meses. Com isso, a montadora sul-coreana seguiria o caminho de Aldi, Caltex e National Australia Bank, em uma verdadeira debandada que está deixando a federação de Futebol da Austrália (FFA) em estado de alerta. As informações são do Sydney Morning Herald.

De acordo com a publicação, a Hyundai é parceira da FFA há 15 anos, com o contrato atual valendo cerca de 5 milhões de dólares australianos (aproximadamente R$ 14,3 milhões) e abrangendo também a W-League (primeira divisão feminina), além dos Socceroos (seleção masculina) e as Matildas (seleção feminina).

Foto: Reprodução

Os principais motivos para a decisão da Hyundai seriam o interesse cada vez menor dos australianos pela liga e os resultados financeiros ruins no setor automotivo. A FFA, por sua vez, tenta convencer a montadora a renovar pelo menos por um ano, especialmente para ganhar tempo, conseguir um novo patrocinador para o title sponsor e não ter um baque financeiro significativo, que é o que vai acontecer se a Hyundai sair no final de maio.

O Sydney Morning Herald ainda acrescenta que a FFA está sofrendo pressão também da Fox Sports, que transmite a A-League e cobra da federação que segure o patrocinador mais importante do torneio.

A decisão final da Hyundai deverá sair nas próximas semanas. Enquanto isso, os próprios clubes que disputam a competição já foram alertados para não colocarem o logotipo da montadora no patch das camisas que serão confeccionadas para a próxima temporada. Sinal de que as tentativas de convencimento parecem não estar alcançando o resultado pretendido.