Ibope de Palmeiras x Goiás frustra Band e Globo

Resultado amargo - Crédito Redação

Resultado amargo - Crédito Redação

O jogo entre Palmeiras e Goiás poderia ter marcado a primeira vitória de Luiz Felipe Scolari pelo time paulista desde o seu retorno ao Palestra Itália. O empate no fim da partida decepcionou os palmeirenses, que não pareciam estar mesmo empolgados com a equipe. O embate registrou apenas 16 pontos de média de audiência de Globo e quatro na Bandeirantes, com pico de seis.

Em 2010, o número da Globo é igual ao alcançado no jogo entre Corinthians e Monte Azul, na estreia do time alvinegro pelo Campeonato Paulista. Ituano e São Paulo, pelo mesmo torneio, tiveram 14,8 pontos de média - o duelo ocorreu durante o sábado de Carnaval. Também pelo Paulistão, Mirassol e Santos conseguiram 17 pontos de média.

Na rodada anterior, o Palmeiras jogou o clássico contra o Corinthians e obteve números mais expressivos. O dérbi paulista teve 24 pontos de média na Globo e sete pontos de média na TV Bandeirantes.  

Pesou contra o Palmeiras o mau momento. Sem vencer há cinco jogos, a equipe não tem apresentado bom futebol, mesmo com a contratação do técnico Felipão, campeão da Libertadores pelo clube em 1999.

Amargando a 13ª colocação na tabela, o Palmeiras espera empolgar mais seus torcedores quando o meia chileno Valdivia, já contratado, fizer a sua reestreia pelo clube. Assim, poderia pensar em audiências maiores e até públicos mais expressivos quando jogar em casa - hoje a média está em 11.838 pagantes. Nos dois jogos que fez no Palestra, fechado para reformas, o número ficou em 12.195.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.