Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Imbróglio com a Globo alavanca canais dos cariocas no YouTube

Rede social de vídeos foi impulsionada por transmissão de jogos por streaming

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 08/07/2020, às 10h21

Imagem Imbróglio com a Globo alavanca canais dos cariocas no YouTube

A assinatura da Medida Provisória 984 por parte do presidente Jair Bolsonaro, o imbróglio crescente entre Globo e Flamengo, a iniciativa do clube rubro-negro de transmitir jogos no YouTube (seguido por Vasco e Fluminense), o rompimento do contrato entre Globo e Campeonato Carioca e um inacabável vai e vem de decisões na Justiça. Tudo isso, junto e misturado, foi responsável por um crescimento significativo do YouTube dos clubes cariocas no relatório mensal divulgado pelo Ibope Repucom.

De acordo com a empresa, a plataforma de vídeos foi responsável por quase 50% de todas as inscrições de clubes em redes sociais ao somar 1,1 milhão de novos seguidores, valor cinco vezes maior à sua média histórica de crescimento mensal. Os principais "culpados" foram os cariocas.

Foto: Divulgação / Ibope Repucom

O Flamengo, mais uma vez, foi o líder do crescimento geral, que contém números das cinco principais redes sociais (Facebook, Instagram, TikTok, Twitter e YouTube). Especificamente no YouTube, a FlaTV obteve 840 mil novas inscrições, o que corresponde a quase 80% de todas as inscrições na plataforma entre os 50 clubes brasileiros monitorados. O pico foi em 1º de julho, quando o clube transmitiu o duelo contra o Boavista.

Em segundo lugar, ficou o Vasco, com destaque novamente para o YouTube. A Vasco TV somou 144 mil inscritos no período, seu maior crescimento histórico na plataforma de vídeos e que corresponde a mais de 90% de suas inscrições entre todas as plataformas.

O Top 5 foi completado por Corinthians, São Paulo e Cruzeiro, que cresceram especialmente no TikTok. No caso corintiano, a plataforma chinesa de vídeos curtos foi responsável por 75% dos novos inscritos do clube nas redes sociais, com 101 mil. Nos casos de são-paulinos e cruzeirenses, os números foram ainda maiores, 90%, com 61 mil e 58 mil novos inscritos, respectivamente.

De acordo com o Ibope Repucom, no último mês, a cada dez novas inscrições em redes sociais de clubes de futebol no Brasil, quatro foram no TikTok, somando 1 milhão de novos seguidores entre os clubes com perfis estudados atualmente na plataforma. Para dimensionar este feito, o crescimento do TikTok apenas entre os 37 clubes que estão na plataforma é mais de três vezes maior que o resultado do Instagram considerando todos os 50 clubes monitorados.