IMG volta ao Brasil em sociedade com Eike Batista

O grupo EBX, controlado pelo bilionário Eike Batista, e a IMG Worldwide, principal agência de marketing esportivo no mundo, anunciaram nesta terça-feira a união de esforços para a formação de uma empresa de marketing esportivo e entretenimento no país.

O acordo foi celebrado por um comunicado distribuído à imprensa na manhã desta terça. Segundo o documento, a nova empresa será chamada de IMGX.

“Estou muito feliz de montar essa empresa com a IMG, globalmente reconhecida como uma empresa que desenvolve propriedades de esporte e entretenimento. Ted Forstmann (principal executivo da IMG) é um empreendedor impressionante, com uma visão única de como o esporte e o entretenimento são capazes de estimular a educação, criar empregos, orgulho e aumentar a auto-estima das pessoas. Ted levou a IMG de uma agência talentosa para uma grande empresa global de esporte e mídia, e nossa parceria pode realmente nos beneficiar disso”, disse Batista.

Para o empresário, que tem a licença de exploração da Marina da Glória, no Rio de Janeiro, para sua utilização nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, a nova empresa vai se beneficiar do aumento do mercado por conta da realização dos grandes eventos esportivos no Brasil.

“Juntos podemos nos aproveitar das grandes oportunidades que o Brasil terá na área de esportes e entretenimento, especialmente considerando a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016”.

Para Forstmann, o negócio representa novas oportunidades para IMG, que decidiu adotar, no Brasil, a mesma estratégia dos emergentes mercados da China e da Índia. No país hindu, a IMG é sócia de Mukesh Ambani, influente empresário local. Na China, a agência tem 20 anos de acordo de operações com a CCTV, principal canal de TV do país mais populoso do mundo.

“Acredito que nossa empresa vai oferecer uma série de diferentes oportunidades de negócios. É minha crença e esperança que as joint ventures da IMG no Brasil, na China e na Índia serão mutuamente beneficiadas”, afirmou.

O acordo marca, definitivamente, a entrada da IMG no Brasil, agora com planos mais ambiciosos. Desde 2009 que a agência estudava o retorno de suas operações ao país.