Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Ineos ratifica foco no esporte com patrocínio à Mercedes na F1

Empresa petroquímica investirá £ 20 milhões e terá exposição nos carros

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 31/01/2020, às 11h49

Imagem Ineos ratifica foco no esporte com patrocínio à Mercedes na F1

A empresa petroquímica Ineos decidiu dar mais um passo no seu investimento no mercado esportivo. Após ter assinado um acordo técnico de compartilhamento de conhecimento no mês passado com a Mercedes, a multinacional se tornará patrocinadora oficial da escuderia alemã pagando £ 20 milhões na temporada 2020. As informações são do jornal britânico Financial Times.  

LEIA MAIS: Racing Point virará Aston Martin Racing na F1 em 2021

LEIA MAIS: McLaren fecha patrocínio com serviço de aviação alemão

De acordo com a publicação, o anúncio oficial será feito nas próximas semanas, antes da abertura da temporada da Fórmula 1, prevista para 15 de março, com o Grande Prêmio da Austrália. No contrato, haveria uma cláusula que garante a exposição da marca da Ineos nos dois carros da escuderia, que é a atual hexacampeã mundial de construtores da principal categoria do automobilismo mundial.

Foto: Reprodução / Site (mercedesamgf1)

A parceria técnica ainda fará com que o braço de Ciências Aplicadas da Mercedes trabalhe com a divisão de esportes da Ineos para enfrentar os desafios tecnológicos e identificar maneiras de melhorar o desempenho da equipe de F1 pelo lado da Mercedes, e das equipes de ciclismo e vela pelo lado da Ineos.

A aproximação e, agora, o patrocínio à Mercedes ratificam o investimento cada vez maior feito pela Ineos no esporte mundial. No ano passado, a marca "abraçou" o projeto de Eliud Kipchoge de terminar uma maratona em menos de duas horas. Depois, adquiriu o clube de futebol francês Nice e utiliza a camisa do time para estampar sua marca no espaço máster. Por último, assumiu os naming rights do Team Sky, uma das equipes de ciclismo mais tradicionais e vencedoras da história britânica e mundial, além de investir na equipe britânica de vela que disputa a America's Cup.