Inglaterra foca futebol em apresentação para Copa

Apresentação da Inglaterra teve futebol como grande foco

Apresentação da Inglaterra teve futebol como grande foco

A Inglaterra realizou nesta quinta-feira, em Zurique, a penúltima das apresentações de projetos para sediar a Copa do Mundo em 2018 e 2022. E curiosamente, ninguém falou tanto de futebol quanto o projeto brit"nico. Os discursos foram permeados por imagens de jogos e estrutura da Premier League.

Além de aglomerações populares, festas nas ruas e lugares turísticos, pontos comuns a todos os vídeos usados pelas candidaturas nas apresentações para a Fifa, a Inglaterra deu atenção especial aos jogos. O país mostrou momentos de jogos de Arsenal, Liverpool, Manchester City e Manchester United.

Depois, em um segundo vídeo, a apresentação brit"nica chamou treinadores de alguns dos principais times de futebol do país para mostrar a estrutura de estádios e centros de treinamento.

O projeto mais diferente da candidatura inglesa também é ligado ao futebol. O país pretende criar uma ação chamada “Football hosts football” (“Futebol recebe futebol, em tradução livre), que será o uso de estrutura e funcionários das principais equipes da região para acomodar as seleções classificadas para a Copa.

“Ninguém entende com mais precisão as necessidades dos seus times do que uma equipe de alto nível competitivo. Queremos que esses times nos ajudem a saber tudo que será preciso fazer para receber seus times”, declarou Andy Anson, chefe da candidatura inglesa.

O curioso é que, implicitamente, o foco no futebol foi a maneira encontrada pelos ingleses para enaltecer a estrutura do país. “Nós estamos falando de estrutura para treinos porque, como viajar na Inglaterra é fácil e rápido, seus times terão mais tempo para treinar. Nós somos o único país pronto para realizar uma Copa do Mundo hoje se for preciso”, completou Anson.

A apresentação inglesa também citou projetos que o país desenvolve em todo o mundo para desenvolver o futebol. A candidatura espera investir US$ 1,1 bilhão em iniciativas com foco no desenvolvimento de novos jogadores.