Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Interessada em 2030, Conmebol declara apoio à Concacaf para Copa 2026

Federação da América do Sul fará campanha por Estados Unidos, Canadá e México

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 17/04/2018, às 10h28

Imagem Interessada em 2030, Conmebol declara apoio à Concacaf para Copa 2026

A Conmebol anunciou nesta segunda-feira (16) que vai apoiar e fazer campanha pela candidatura tripla de Estados Unidos, Canadá e México, países da Concacaf, que têm como objetivo sediar a Copa do Mundo de 2026. A candidatura é chamada de United 2026.

“Levando em conta o impacto positivo que a celebração da Copa do Mundo da Fifa teve no México em 1986 e nos Estados Unidos em 1994 em relação ao interesse, o desenvolvimento e a projeção do futebol nesses países e, em geral, na região, as associações membros da Conmebol consideram que, após três décadas, chegou a hora de dar um novo impulso ao futebol na região da Concacaf, onde vivem atualmente mais de 500 milhões de pessoas”, divulgou a Conmebol, em um comunicado oficial.

Foto: Divulgação

O apoio e a campanha que a Conmebol fará a favor da Concacaf a partir de agora têm também outro motivo. A entidade sul-americana espera receber o favor em troca no Mundial seguinte, o de 2030, que já conta com uma candidatura tripla de Argentina, Paraguai e Uruguai como postulante.

“Os países das Américas compartilham muitos laços históricos e nossa convicção é de que o futebol sul-americano pode e deve contribuir para o desenvolvimento do futebol em todo o hemisfério americano, reconhecendo o esporte como uma poderosa força integradora”, afirmou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

Com a divulgação do apoio da Confederação Sul-Americana, a candidatura chega a 16 países a seu favor. São eles os dez da Conmebol (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela) e mais os seis membros votantes da União Centro-Americana de Futebol (Uncaf) (Belize, Costa Rica, El Salvador, Honduras, Nicarágua e Panamá), que já haviam declarado o consentimento no mês passado.

De acordo com as regras da Fifa, são necessários 104 votos no total para garantir a vitória. Mas não será fácil. Nas últimas semanas, a candidatura concorrente, do Marrocos, recebeu o apoio de diversos países europeus, como Bélgica, França e Rússia.

A decisão da Fifa sobre quem vai sediar a Copa do Mundo de 2026 será divulgada no dia 13 de junho, véspera da abertura do Mundial da Rússia. Independentemente da escolha, a entidade já divulgou uma novidade para 2026: o número de seleções participantes passará de 32 para 48 equipes.