Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Justiça pode pôr fim à Ambev em PE

Justiça pode pôr fim à Ambev em PE

Redação em São Paulo - SP Publicado em 21/01/2009, às 08h00 - Atualizado às 10h00

O acordo com a fabricante de bebidas Ambev, celebrado na semana passada com pompa e circunst"ncia pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), pode ir por água abaixo a qualquer momento. Na última sexta-feira, a Justiça do Estado decidiu pelo veto a bebidas alcoólicas nos estádios, decisão que pode complicar a parceria recém-firmada. A informação não foi, até o momento, confirmada ou negada pela FPF, que segue em negociações com a Ambev e não se pronuncia oficialmente sobre o assunto. Existe a possibilidade de o valor total do acordo ser diminuído, caso a empresa decida pela manutenção contando apenas com refrigerantes e outras bebidas no serviço. Essa indefinição pode, inclusive, dar espaço a uma rival da companhia. A Femsa, que distribui e comercializa a Coca-Cola no Brasil, estava com negociações adiantadas com o Santa Cruz, que deixou a possibilidade de lado para não bater de frente com a FPF. Com o acordo correndo riscos de, pelo menos, ter o valor reduzido, o clube do Arruda já admite voltar atrás no seu posicionamento inicial. Depois de anunciar que negociaria só depois do Pernambucano, quando acabaria o compromisso entre Ambev e FPF, o Santa pode colocar em prática seu plano. ?A Coca já oferecia para nós um valor 50% superior ao que a gente vai receber da federação, e quer assinar mesmo sem a cerveja nos estádios. Por isso, estamos esperando uma definição deles para tomar nossas providências?, disse Nivaldo Brayner, diretor de marketing do Santa Cruz, que confirmou a intenção da marca de reformar todos os bares do Arruda. GF