Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Kansas City Chiefs endurece medidas contra apropriação cultural

Time barrará entrada de torcedores brancos com artefatos indígenas

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 26/08/2020, às 16h30

Imagem Kansas City Chiefs endurece medidas contra apropriação cultural

Clube fará medidas mais duras para evitar problemas (Foto: facebook.com/KansasCityChiefs)

O Kansas City Chiefs está tomando medidas mais enérgicas contra apropriação cultural. Agora, torcedores com roupas, pinturas faciais ou artefatos que sejam potencialmente ofensivos, serão barrados. 

O clube disse que começou a trabalhar com um grupo de "líderes locais de diversas origens indígenas" em 2014 com o objetivo de entender as questões que enfrentam e encontrar oportunidades para conscientizar e celebrar suas culturas. 

Essas discussões inicialmente levaram a equipe a desencorajar os torcedores a usar artefatos indígenas e pintura facial em seu estádio, mas agora, a equipe está dando um passo além. 

Com efeito imediato, os torcedores com cocares serão proibidos de entrar no Arrowhead Stadium, assim como qualquer pintura facial com um estilo culturalmente apropriado.

A equipe também diz que está "envolvida em uma revisão completa" do Arrowhead Chop, uma celebração usada por fãs. O clube está estudante criar um programa de educação formal para os torcedores.

"Somos gratos pelas conversas significativas que tivemos com todos esses líderes indígenas", afirmou o clube em declaração. "É importante que continuemos o diálogo sobre estes tópicos significativos, e esperamos continuar a trabalhar juntos no futuro".

O movimento do Chiefs vem em meio a protestos sobre as mascotes que são ofensivos ou apropriados culturalmente.