Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

LeBron James é novo embaixador da Kia Motors

Ala do Cleveland Cavaliers divulga modelo de luxo de marca sul-coreana

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 20/10/2014, às 07h01 - Atualizado às 09h01

Imagem LeBron James é novo embaixador da Kia Motors

LeBron James e o K900, primeiro carro que irá divulgar

LeBron James é o novo embaixador da Kia Motors. Com 11 temporadas no basquete profissional, tendo conquistado dois anéis de campeão e 4 títulos de MVP (melhor jogador), é a primeira vez que o astro do Cleveland Cavaliers assina contrato com um fabricante de automóveis. Os valores e a duração do contrato entre o ala e a empresa sul-coreana não foram divulgados.  

O jogador de basquete será garoto-propaganda da linha de luxo da marca. O primeiro veículo em que ele irá emprestar sua imagem para divulgação é o K900 Kia, lançamento da montadora nos Estados Unidos. O sedan, com tração traseira e mais de 5 metros de comprimento, possui duas versões, uma com motor 3.8, 6 válvulas e potência de 311 cavalos e outra 5.0, 8 válvulas e 410 cavalos. O carro, que possui bancos traseiros reclináveis em couro, vale US$ 66 mil.

“Não estávamos procurando outro garoto-propaganda, mas LeBron nos disse, depois de dirigir o carro neste verão, que tinha gostado muito. Decidimos então fazer parceria com ele. Isso nos trouxe uma credibilidade instantânea”, contou Tim Chaney, vice-presidente da marketing da Kia, em entrevista à ESPN.

A Kia se junta a outros patrocinadores importantes do ala do Cleveland, como Sprite (marca pertencente à Coca-Cola) e Nike.  O jogador, por sua vez, se junta ao seleto grupo de esportistas com contrato com a fabricante de veículos, como é o caso de Blake Griffin e Jose Calderon, na NBA, e Rafael Nadal, no tênis. A Kia também é patrocinadora oficial da NBA.

“Para mim, uma parceria tem que ser autêntica e real para que o que faço ser especial”, festejou LeBron James, que já era fã da marca.

Pelo acordo, LeBron terá que ir aos jogos com seu K900, mas ele não precisará vender os mais de 20 outros carros de sua coleção, que incluem Ferrari, Rolss-Royce e Maybach. A Kia teve que aceitar conviver com as outras marcas.