Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Liga Francesa e PSG prometem ajuda para recuperar Notre-Dame

Catedral histórica foi atingida por um incêndio nesta segunda-feira (15)

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 16/04/2019, às 15h08

Imagem Liga Francesa e PSG prometem ajuda para recuperar Notre-Dame

Milhões de pessoas foram dormir tristes nesta segunda-feira (15) por conta do incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, um dos principais monumentos históricos e ponto turístico tradicional da França e do mundo. Localizada em Paris, capital francesa, a igreja precisará passar por um grande processo de restauração e, para isso, já recebeu o apoio de uma série de setores do país. Um deles foi o esportivo, em especial o futebol.

Durante um evento que apresentou uma parceria da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) com a ONG do setor de meio ambiente WWF, a presidente da entidade, Nathalie Boy de la Tour, deixou claro que o futebol francês fará tudo que puder para ajudar na restauração.

"O futebol francês vai se mobilizar para poder ajudar financeiramente a reconstruir a catedral, que faz parte do nosso patrimônio. Estaremos unidos neste drama que afeta a todos nós. Esta é uma ajuda que vamos coordenar com todos os jogadores do futebol francês", declarou a executiva.

Foto: Reprodução

Principal clube da capital francesa, o Paris Saint-Germain também divulgou uma declaração em seu site e suas redes sociais na qual prometeu apoiar a reconstrução a longo prazo.

"Desde já, o Paris Saint-Germain pretende coordenar uma mobilização que envolva todas as forças do clube, seus principais parceiros, assim como a grande comunidade de seus torcedores, em Paris e internacionalmente. O objetivo será estimular ou participar de uma série de iniciativas, incluindo a captação de recursos que farão parte do tremendo esforço para coletar doações para reconstruir o edifício por muitos anos", informou o clube.

O PSG também fez questão de agradecer aos bombeiros que participaram da ação para extinguir o fogo e minimizar os danos à catedral. A equipe ainda afirmou que "também dará apoio aos bombeiros de Paris".

Entre os atletas, muitos se manifestaram nas redes sociais em apoio ao povo francês. Jogadores como Neymar e Mbappé, ambos do próprio PSG, se mostraram chateados com o ocorrido e pediram orações por Paris.

Entre anônimos, entidades e milionários, a capital francesa já somou R$ 3 bilhões em doações para reerguer a Notre-Dame. O presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou que quer reconstruir a catedral em cinco anos.