Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Lotus desenvolve táxi para Jogos Olímpicos de 2012

Redação Publicado em 04/08/2010, às 12h43

A equipe de Fórmula 1 Lotus negocia uma parceria com o comitê organizador local (COL) dos Jogos Olímpicos de Londres. Para isso, a escuderia desenvolve um protótipo de táxi movido a hidrogênio, com emissão zero de carbono e rendimento que não agride o meio ambiente.

O táxi segue o modelo do black cab comum da Inglaterra, com mesmo peso e mesmo chassi. A aceleração é mais lenta do que a maioria dos veículos, mas superior ao rendimento das versões tradicionais.

A principal diferença entre o táxi e os modelos tradicionais é que as rodas traseiras são movidas por dois motores elétricos, alimentados por uma bateria de polímero de lítio, que converte hidrogênio em eletricidade.

O carro não tem escapamento porque só emite vapor. O principal problema que a Lotus ainda precisa solucionar é a grande quantidade de energia que o carro consome para funcionar, o que afasta o modelo de um comportamento verdadeiramente ecológico.

Além dos táxis, os Jogos Olímpicos de Londres pretendem ter cinco ônibus movidos por esse combustível. A prefeitura da cidade projeta inaugurar ao menos seis postos de abastecimento desse recurso.

Detalhes financeiros da negociação de Londres com a Lotus são mantidos em sigilo. Caso o projeto da escuderia seja aprovado, porém, é certo que a equipe poderá usar o modelo e sua utilização para fazer ações de marketing e divulgar sua marca.