Lula vira presidente de república do Corinthians

Ao lado de Andrés Sanchez, Lula exibe novo passaporte

Ao lado de Andrés Sanchez, Lula exibe novo passaporte

Luiz Inácio Lula da Silva vive os últimos meses de seu segundo mandato como presidente do Brasil. Nesta terça-feira ele assegurou um cargo para exercer após deixar o comando nacional: recebeu a faixa presidencial da República Popular do Corinthians em evento promovido no salão nobre do Parque São Jorge.

A presença de Lula foi a principal atração da noite. O mandatário nacional esteve no clube paulista para celebrar o centenário de fundação da instituição da qual é torcedor declarado. Recebeu, além da faixa, passaporte, certidão de nascimento e identidade da República Popular do Corinthians – ainda ganhou das mãos de Andres Sanchez, presidente do clube alvinegro, uma camisa oficial com o número 13 nas costas, alusão à legenda do Partido dos Trabalhadores (PT).

Em seu discurso no evento, Lula disse que se sentia “mais corintiano do que nunca”. O presidente também prometeu que seus filhos terão passaportes da nova república. “Não quero ninguém vivendo na clandestinidade aqui”, brincou.

A homenagem a Lula é, na verdade, uma das principais iniciativas do Corinthians para divulgar seu novo projeto de marketing. A república é um conceito, com todas as peculiaridades de um verdadeiro país, que engloba uma série de produtos e ações que incitam a participação popular.

“A República Popular do Corinthians é uma coisa popular. O Corinthians sempre foi uma nação, e isso oficializa. Mas como nós já dissemos, vamos manter boas relações democráticas com o Brasil”, afirmou Sanchez.

No evento, Lula também foi homenageado pelo Clube dos 13. Recebeu um troféu de chanceler honorário do futebol brasileiro e foi enaltecido em discurso do presidente do grupo, Fábio Koff, por sua contribuição ao esporte brasileiro.