Maratona do Rio usa a de Nova York para se promover

A Maratona do Rio de Janeiro fez, no último domingo, mais uma ação para tentar fazer de seu evento uma competição mundial. Novamente a escolha da Dream Factory Sports, agência que é detentora dos direitos da prova, foi usar a Maratona de Nova York para promover a corrida brasileira.

Em conjunto com os patrocinadores Embratur, prefeitura e o governo do Rio de Janeiro, a Dream Factory fez uma série de ações promocionais para envolver o corredor nova-iorquino com a prova

brasileira. Com 45 mil participantes, a Maratona de Nova York é uma das mais deseja das do mundo.

Além do stand na tradicional feira que antecede a prova, a Maratona do Rio teve ações com dez segways (veículo monomotor para transportar apenas uma pessoa) que circularam durante o final de semana em Nova York para promover a corrida, além de dez balões infláveis ao longo dos 42km da prova nova-iorquina.

maratonaOutras duas ações de maior repercussão feitas pelos organizadores foram o uso de uma faixa aérea puxada por um avião no final de semana da maratona, além de um anúncio no especial sobre a prova feito pelo jornal “The New York Times” (ao lado).

“Esse é o maior investimento de uma prova brasileira no exterior”, afirmou Duda Magalhães, diretor geral da Dream Factory.

O objetivo da Maratona do Rio é, nos próximos anos, se consolidar como uma das principais provas de 42km do mundo. Atualmente, Nova York está ao lado de Londres, Chicago, Berlim e Boston como as cinco principais provas do gênero no mundo.