Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

McDonald's renova com a Fifa até a Copa de 2022

Restaurante seguirá como parceiro da entidade até o Mundial do Qatar

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 27/10/2014, às 08h09 - Atualizado às 10h09

Imagem McDonald's renova com a Fifa até a Copa de 2022

A Fifa acertou, na última sexta-feira, mais um acordo de patrocínio. O McDonald’s assinou a renovação do vínculo com a entidade até 2022, segundo apurou a Máquina do Esporte. A rede de lanchonetes continuará como patrocinadora das próximas duas Copas, na Rússia (2018) e Qatar (2022).

O acordo foi feito com as mesmas bases do negócio que estava vigente até o último Mundial, disputado no Brasil. Por ele, o McDonald’s continua como restaurante oficial do evento, tendo direito a ações promocionais, como selecionar as 22 crianças que entram no campo junto com os jogadores. O negócio permanece em torno de U$ 100 milhões ao ano.

A renovação com o McDonald’s dá início ao processo de renovação dos contratos da Fifa tendo em vista o próximo ciclo de Mundiais. Entre 2015-2022, a entidade alterou as cotas disponíveis para o mercado. Se, em 2014 foram 20 parceiros na Copa, agora poderão ser até 36 empresas. 

Os parceiros da Fifa, agora, serão de 6 a 8 empresas (já estão confirmadas Adidas, Coca-Cola, Gazprom, Visa e Kia-Hyundai). Em mesmo número estarão os patrocinadores da Copa, categoria que já tinha a Budweiser e, agora, McDonald’s. A grande mudança é que haverá a negociação de 20 cotas regionais, divididas em quatro empresas por região do globo (Europa; América do Sul; Américas Central e do Norte; África e Oriente Médio; Ásia).

A expectativa é de elevar para US$ 2,3 bi a receita com marketing no período de 2015 a 2018, alcançando os desejados US$ 5 bi em arrecadação pelos próximos quatro anos.