Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

McLaren apresenta carro com que Alonso correrá Indy 500

Com cores idênticas, carro lembra muito modelo da equipe britânica na F1

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 10/04/2019, às 10h21

Imagem McLaren apresenta carro com que Alonso correrá Indy 500

É claro que existem mudanças técnicas e estruturais claras entre um carro de Fórmula 1 e um de Fórmula Indy. No entanto, a McLaren apresentou o modelo da equipe com que Fernando Alonso disputará a Indy 500, mais conhecida como 500 Milhas de Indianápolis, com cores idênticas ao modelo usado por Carlos Sainz Jr. e Lando Norris na F1, o que dará ainda mais exposição à equipe no mercado americano.

Com o número 66, o carro já foi para a pista nesta semana para testes com Alonso no cockpit. Além das cores, alguns patrocínios permanecem na pintura, como Dell, Petrobras e Richard Mille. Outras marcas, porém, aparecem apenas no carro da Indy, como Chevrolet, Firestone e MindMaze.

Foto: Reprodução / Twitter (@McLarenIndy)

A que mais chama atenção, contudo, é a Vuse. Trata-se do nome dado a um tipo de cigarro eletrônico da British American Tobacco (BAT), que assinou um contrato de patrocínio com a McLaren na F1 no último mês de fevereiro. À ocasião, a escuderia deixou claro que a parceria se resumiria aos produtos de risco reduzido fabricados pela BAT, que retornou à categoria após 13 anos.

O objetivo da empresa era estampar no carro da Fórmula 1 a campanha "A Better Tomorrow", justamente focada nos produtos de baixo risco à saúde. O problema é que, assim como aconteceu com a italiana Ferrari, a escuderia britânica teve que tirar a marca do carro para o GP da Austrália, o primeiro da temporada, por uma exigência do Departamento de Saúde do país da Oceania. Já no Bahrein, na segunda prova, a marca esteve presente no carro.

Na Fórmula Indy, com as regras mais flexibilizadas, a McLaren aproveitará para dar ainda mais visibilidade ao patrocinador. A marca Vuse aparece grande dos dois lados do carro que estreou com Fernando Alonso na pista do Texas Motor Speedway.

A Lei de Prevenção do Tabagismo em Família e Controle do Tabagismo criada em 2010 proíbe as empresas de tabaco de patrocinar esportes, música e outros eventos culturais nos Estados Unidos, assim como impede a exibição de logotipos ou produtos de tabaco em camisetas, bonés ou outros itens de vestuário. No entanto, os produtos não derivados do tabaco, como o cigarro eletrônico, não estão sujeitos aos mesmos regulamentos da Food and Drug Administration (FDA). O Vuse, por exemplo, é comercializado pela BAT apenas em território americano.