Meltex fecha patrocínio ao Santos por Mundial

Empresa reforça exposição de marca na Ásia, onde possui atuação

Empresa reforça exposição de marca na Ásia, onde possui atuação

Entre os patrocinadores do Santos no Mundial de Clubes da Fifa, atualmente sendo realizado no Japão, há uma empresa que não ocupava o uniforme alvinegro no Brasil. Ao lado de Seara, Netshoes e CSU, que não terão marcas estampadas durante as partidas oficiais, e BMG, está o logotipo da Meltex, empresa voltada para licenciamentos.

Trata-se de um patrocínio pontual ao período em que o clube estiver na Ásia, isto é, até o fim deste ano. Não existem planos no momento para estender o aporte ao Santos para a próxima temporada, tampouco investir nessa modalidade de negócio em outros times brasileiros. O Japão é tido como uma "oportunidade imperdível".

"É um momento de ápice, um momento único, que não poderia ser desperdiçado", resume Samir Osman, diretor da Meltex. Um dos fatores que atraiu a empresa à camisa santista foi a atuação que ela possui na Ásia, onde está presente desde 1996, no princípio da história da companhia. "Temos uma cadeia muito ativa por lá", diz.

O patrocínio ocasional sucede outro, feito em novembro deste ano, quando o Santos disputou a Copa Libertadores de futebol feminino. As meninas da equipe alvinegra jogaram a competição com a marca da Meltex na camisa. No Japão, a empresa ocupa uniformes de treino, jaleco de viagem e backdrops - fundo usado em entrevistas.

Em ambos os investimentos, segundo Osman, não há nenhuma relação com a futura rede de franquias do clube. O Santos está estudando a criação de lojas sob esse formato, algo já praticado por Corinthians, São Paulo e Vasco, e precisará de uma parceira para a operação. A Meltex, ao lado da SPR Franquias, atua nesse mercado.