Mesmo ameaçado, Avaí renova patrocínio da Woa

Woa, à esquerda do peito, foi mantida para próxima temporada

Woa, à esquerda do peito, foi mantida para próxima temporada

Apesar de estar em condições adversas, ameaçado de voltar à Série B do Campeonato Brasileiro na próxima temporada, o Avaí conseguiu renovar um dos atuais patrocínios que possui. A Woa Empreendimentos, dona da propriedade situada no peito, à esquerda do escudo do clube catarinense, estendeu o aporte por mais um ano.

O ponto alto dessa negociação foi a manutenção dos valores anteriores, que não serão alterados mesmo que o Avaí desça à segunda divisão nacional. Há outras duas tratativas em andamento para renovar acordos de outras empresas, e em ambas a proposta é que os recursos pagos nesta temporada sejam mantidos mesmo na Série B.

"Somando os três patrocínios, se tudo der certo nos próximos 15 dias, teremos 60% do patrocínio que temos hoje em termos de valores renovados para o ano que vem, desvinculados do resultado do time no campeonato", afirma Cláudio Vicente, superintendente de negócios do Avaí. As duas negociações, de acordo com ele, estão em "fase final".

Até o momento, dos cinco parceiros que integram a camisa avaiana, apenas um possui dispositivo no contrato que prevê a redução do montante pago em caso de rebaixamento. "Ainda não chegamos na discussão para saber se ele será mantido, mas certamente isso será discutido em uma nova rodada de conversas", diz Vicente.

A renovação da Woa não representa grande surpresa para o superintendente de negócios. No início deste mês, ele já havia assegurado que grande parte dos patrocinadores seria mantida, mesmo caso vá à Série B em 2012. O perfil das empresas, nas quais executivos são torcedores da equipe, segundo ele, é um fator que ajuda.