Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Mineirão cria canal para denúncias de racismo e injúria racial

Frequentador do estádio pode relatar situação que sofrer ou que perceber ao redor

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 26/11/2019, às 09h30 - Atualizado às 12h30

Imagem Mineirão cria canal para denúncias de racismo e injúria racial

O Mineirão aproveitou o mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra para criar um canal em que os próprios torcedores poderão enviar denúncias de crimes de discriminação ou preconceito racial presenciados no estádio. Desde o último domingo (24), na partida entre Atlético-MG e Athletico-PR, o frequentador do estádio que sofrer ou perceber casos de racismo ou injúria racial pode enviar um e-mail para este endereço e relatar o ocorrido.

De acordo com os profissionais que cuidam do estádio, todas as informações serão repassadas para que os órgãos competentes tenham conhecimento e sigam com as devidas investigações para punir possíveis culpados. No último dia 10 de novembro, o pós-jogo de Cruzeiro 0x0 Atlético-MG ficou marcado por torcedores flagrados ofendendo, com insultos racistas, o segurança Fábio Coutinho, que trabalhava na partida.

Foto: Divulgação / Mineirão

"Entristece-nos o alto índice de casos de racismo registrados no futebol. Além de levantar a discussão sobre esta realidade em um dia tão importante, com o novo canal de denúncia pretendemos lutar contra o silêncio. O Mineirão é um espaço plural e crimes de discriminação devem ser combatidos todos os dias do ano", afirmou Ludmila Ximenes, gerente de relações institucionais do Mineirão.

Como forma de refletir e promover o diálogo sobre o tema, o estádio ainda publicou dados que refletem como a discriminação racial está presente no meio do futebol nas redes sociais. O Mineirão lembrou, por exemplo, que somente este ano 44 casos de racismo já foram cometidos no futebol brasileiro, segundo o Observatório da Discriminação Racial no Futebol.

O canal de denúncia do Mineirão contra crimes de discriminação racial será divulgado constantemente nos meios de comunicação do estádio, como telões nos dias de partidas, redes sociais e site oficial.